Pacific Hydro inaugura US$ 800 milhões em projetos hidrelétricos chilenos

28 de outubro de 2010

Em uma cerimônia formal no Chile na terça-feira, 26 de outubro de 2010, a Pacific Hydro, empresa líder em energia renovável na Austrália, inaugurou as usinas hidrelétricas de passagem La Higuera e La Confluencia.

A cerimônia contou com a presença do presidente chileno, o Sr. Sebastián Piñera Echenique, que inaugurou os dois projetos, além de realizar um extenso tour pelo site.
O investimento de US$ 800 milhões é o maior já realizado por uma empresa de energia australiana no Chile e acrescerá 310MW de capacidade de energia limpa à rede nacional. Combinados, esses dois projetos contribuirão para evitar até 900.000 toneladas de CO2 que seriam jogados na atmosfera terrestre a cada ano – o equivalente a retirar mais de 250 mil veículos de circulação.

Estas novas centrais de energia limpa, que são de propriedade conjunta da Pacific Hydro e da SN Power através de sua joint venture Tinguiririca Energia, devem gerar receitas significativas de créditos de carbono sob o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo do Protocolo de Quioto.

Falando em nome da Tinguiririca Energia, o CEO da Pacific Hydro, Sr. Rob Grant, disse: “A cerimônia de hoje é o culminar de mais de seis anos de comprometimento e dedicação de muitos milhares de pessoas envolvidas no desenvolvimento, financiamento e construção desses projetos maravilhosos.”

“Estamos comprometidos com o Chile e com o fornecimento da infraestrutura de eletricidade que o país precisa para seu crescimento econômico, e para a realização de maior prosperidade econômica para o seu povo. Mas é importante citar que também estamos comprometidos com a crença de que a futura geração de eletricidade deve ser limpa.”

“Projetos de energia limpa como estes representam não somente um benefício ambiental significativo evitando o uso de combustíveis fósseis, mas também, utilizando os recursos naturais pendentes do Chile, ajudamos a mover a nação mais um passo em direção à independência energética”.

No pico da construção de La Higuera e La Confluencia foram criados cerca de 10.000 empregos diretos e indiretos em torno do vale do rio Tinguiririca. Muitos desses empregados, agora especializados na construção de hidrelétricas, uniram-se à equipe de construção do projeto de energia hidrelétrica Chacayes, de 111MW, também da Pacific Hydro, no adjacente Vale do Cachapoal.

“Gostaríamos de reconhecer o empenho dos nossos acionistas: Industry Funds Management, Norfund e Statkraft. Sem a sua visão, paciência e apoio financeiro, projetos hidrelétricos de escala mundial como estes não seriam possíveis”, disse Grant.

Parceiros financeiros que financiam os projetos são a International Finance Corporation, DnB NOR, Banco Santander, Nordea, Bank AB e SEB. A concessionária de energia local, Chilectra, assumirá a maior parte da energia produzida pelos projetos através dos inovadores contratos de compra e venda de energia que permitiram o financiamento do projeto de ambos os ativos.

“Nós oferecemos ao Presidente nosso compromisso contínuo de que a Pacific Hydro e a SN Power anseiam por um longo e próspero relacionamento com o Chile e com todas as partes envolvidas no desenvolvimento, construção e agora operação desses essenciais projetos de energia renovável”, disse o Sr. Grant.

“Os projetos não somente garantirão o desenvolvimento sustentável da economia do Chile e serão uma importante contribuição para o crescimento da região, mas eles também irão desempenhar um papel importante a longo prazo na ação global necessário para enfrentar a mudança climática.